26 de Março de 2018 - 14:45

TRF-4 nega recurso de Lula contra a condenação em 2ª instância

Com o recurso, a defesa pretendia impedir a prisão do ex-presidente.
Por Flávio Max Da Silva • Atualizado há 4 meses

A 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), decidiu hoje (26), por 3 votos a 0, rejeitar o embargo de declaração do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O julgamento foi rápido, pois não houve sustentação oral de defesa ou acusação, apenas breves votos dos desembargadores João Pedro Gebran Neto, relator da Lava Jato no TRF-4, Leandro Paulsen e Victor Laus.

Com o recurso, a defesa pretendia reverter a condenação, mesmo que o embargo de declaração não preveja mudança de um julgamento, apenas esclarecimentos sobre seu resultado.

Com a decisão, Lula poderá ser preso caso o Supremo Tribunal Federal (STF), rejeite no próximo dia 4 de abril um pedido de habeas corpus impetrado pela defesa do petista junto à corte em Brasília.

Ao vivo