20 de junho de 2018 - 16:27

STF absolve Gleisi Hoffmann e ex-ministro Paulo Bernardo

O colegiado entendeu que não há provas suficientes para comprovar os crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.
Por Flávio Max • Atualizado há 5 meses

Foto: Roque de Sá

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu absolver ontem (19), a senadora Gleisi Hoffmann e o marido dela, o ex-ministro do Planejamento Paulo Bernardo. Eles eram acusados pela Procuradoria-Geral da República dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

A denúncia se baseou em depoimentos do doleiro Alberto Youssef e do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa.

Seguindo voto do relator, Edson Fachin, o colegiado entendeu que há divergências nos depoimentos de Youssef e de Costa e que não há provas suficientes para comprovar que Paulo Bernardo solicitou o dinheiro, e que a senadora teria dado apoio ao ex-diretor para mantê-lo no cargo em troca da suposta propina.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) pode recorrer da decisão no próprio STF. Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo respondem, ainda, a duas outras denúncias e a um inquérito no STF originados na Lava Jato.

Ao vivo