06 de Abril de 2018 - 17:19

Sete ministros deixam cargos para se candidatarem nas eleições de outubro

O prazo para a desincompatibilização de cargos públicos termina hoje.
Por Flávio Max • Atualizado há 6 meses

Foto: Alan Santos

Foi publicada na edição do Diário Oficial da União (DOU), de hoje (06),  a exoneração dos ministros que pretendem concorrer nas eleições, em outubro deste ano.

Sete titulares de pastas deixaram os cargos, entre eles, Dyogo Oliveira, que estava à frente do Ministério do Planejamento, Sarney Filho, que comandava o Ministério do Meio Ambiente, Fernando Coelho Filho, de Minas e Energia; Marx Beltrão, do Ministério do Turismo; Leonardo Picciani, do Esporte; Mendonça Filho, da Educação e Osmar Terra, do Ministério do Desenvolvimento Social.

O prazo para a desincompatibilização do cargo, que é o afastamento obrigatório do cargo público de quem pretende se candidatar nas eleições, termina hoje (06).

Ao vivo