28 de Março de 2018 - 18:24

Ministro do STF concede prisão domiciliar a Paulo Maluf

Parlamentar passou mal nesta madrugada e foi internado em um hospital de Brasília.
Por Flávio Max • Atualizado há 7 meses

Reprodução / Agência Brasil

O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu na tarde de hoje (28), colocar o deputado Paulo Maluf (PP), em prisão domiciliar.

O parlamentar estava preso desde dezembro na ala de idosos do Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, e nesta madrugada foi levado a um hospital particular em Brasília.

Maluf, de 86 anos, foi condenado a 7 anos, 9 meses e 10 dias por lavagem de dinheiro quando era prefeito de São Paulo, entre 1993 e 1996. No dia 19 de dezembro do ano passado, o ministro Edson Fachin ordenou a execução da pena em regime fechado.

Ao vivo