17 de Maio de 2018 - 17:57

Juiz determina retirada de assessores e outros benefícios de Lula

A retirada dos benefícios foi solicitada em uma ação popular apresentada pelo advogado Rubens Alberto Gatti Nunes.
Por Flávio Max • Atualizado há 5 meses

Reprodução / AFP

Uma decisão do juiz federal Haroldo Nader, da 6ª Vara Federal de Campinas, suspendeu hoje (17), os benefícios do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo cargo ocupado de 2003 a 2010.

O despacho do juiz de primeira instância obriga a União a retirar do ex-presidente quatro seguranças, dois motoristas e dois assessores.

A retirada dos benefícios foi solicitada em uma ação popular apresentada pelo advogado Rubens Alberto Gatti Nunes, justificando que não seriam mais necessários em virtude da prisão do ex-presidente, que desde sete de abril cumpre pena em Curitiba.

Em nota, a defesa afirma que decisão será impugnada pelos recursos cabíveis, com a expectativa de que seja revertida o mais breve possível.

Ao vivo