19 de Abril de 2018 - 17:24

Gilmar Mendes prorroga por 60 dias investigação sobre Aécio Neves

O inquérito foi instaurado com base na delação premiada do ex-senador Delcídio Amaral.
Por Flávio Max • Atualizado há 5 meses

Reprodução - AFP

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu prorrogar por 60 dias as investigações sobre o senador Aécio Neves no âmbito de um inquérito que apura manipulação de informações prestadas pelo Banco Rural à CPMI dos Correios. O inquérito foi instaurado com base na delação premiada do ex-senador Delcídio Amaral.

Em nota, a assessoria do senador informou que prorrogações são medidas rotineiras em inquéritos, e que quanto mais profunda e isenta for a investigação, mais clareza haverá de que o senador não tem qualquer relação com os fatos investigados.

Além da ação penal que será aberta, Aécio é alvo de outros oito inquéritos que tramitam no Supremo.

Ao vivo