24 de Março de 2018 - 14:12

Gilmar Mendes pode não participar da análise de habeas corpus de Lula em abril

Decisão acontece um dia depois do início de um evento jurídico em Lisboa que o ministro organiza.
Por Lorena Silva • Atualizado há 3 meses

Reprodução

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse nesta sexta-feira que está “com dificuldades” de comparecer ao julgamento do habeas corpus do ex-presidente Lula, que foi adiado para 4 de abril, um dia depois do início de um evento jurídico em Lisboa que o ministro organiza. A informação é do jornal O Globo.

A presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, não tem intenção de adiar mais uma vez o julgamento por causa do compromisso de Gilmar.

O julgamento do recurso de Lula está marcado entre o dia da abertura e o do encerramento do evento VI Fórum Jurídico de Lisboa, que é organizado pelo Instituto Brasiliense de Direito Público, do qual o ministro é sócio. Gilmar afirmou que está “verificando” o que fará e que ainda não tem “resposta” sobre se deixará de comparecer ao julgamento ou se abrirá mão do evento.

Ao vivo