06 de Abril de 2018 - 17:38

Puigdemont deixa prisão na Alemanha após pagamento de fiança

A Catalunha está sem presidente regional desde que Puigdemont foi destituído pelo governo central em Madri, em outubro do ano passado.
Por Flávio Max • Atualizado há 6 meses

Reprodução / Reuters

Promotores alemães ordenaram hoje (06), a libertação imediata do ex-presidente da Catalunha Carles Puigdemont depois do pagamento de fiança de € 75 mil (cerca de R$ 304 mil).

Com isso, o ex-líder catalão deixou a prisão no Norte da Alemanha. Segundo a promotoria, o líder catalão também forneceu às autoridades um endereço na Alemanha, onde residirá enquanto aguarda uma decisão em seu caso de extradição.

Preso desde 25 de março, o principal dirigente do movimento separatista foi acusado pela Justiça espanhola de rebelião por um referendo separatista em outubro e pela apropriação de fundos públicos para promovê-lo. Outros nove separatistas estão em prisão preventiva na Espanha, incluindo seis ex-membros do governo autônomo catalão e a ex-presidente do parlamento regional.

A Catalunha está sem presidente regional desde que o Executivo de Puigdemont foi destituído pelo governo central em Madri, em outubro do ano passado.

Ao vivo