06 de setembro de 2018 - 18:22

Petrobras adota mecanismo que permite segurar reajuste da gasolina

Em vez de aumentar os preços diariamente, a estatal poderá mantê-los por um período de 15 dias.
Por Flávio Max Da Silva • Atualizado há 1 mês

Foto: Paulo Vitor

A Petrobras anunciou hoje (06), no Rio de Janeiro (RJ), um mecanismo financeiro que permitirá manter o preço da gasolina estável por até 15 dias.

Chamado de mecanismo de hedge, ele será opcional e visa reduzir a variação do preço do combustível sem afetar o resultado financeiro da estatal.

Em vez de reajustar os preços diariamente, a Petrobras poderá segurá-los por um período de, no máximo, 15 dias, realizando operações financeiras no exterior.

Ao final do período, o reajuste aplicado será sempre igual ao resultado das variações diárias do barril de petróleo e do câmbio, de modo que a Petrobras mantenha a paridade com os preços no mercado internacional.

Ao vivo