01 de Março de 2018 - 19:42

Venezuela adia eleições presidenciais

Nova alteração ocorreu após pressão doméstica e internacional.
Por Flávio Max • Atualizado há 8 meses

O ministro da Comunicação da Venezuela, Jorge Rodríguez, confirmou hoje (1), que as eleições presidenciais do país, previstas para 22 de abril, foram remarcadas para a “segunda quinzena de maio”, após a assinatura de um acordo entre os seis candidatos oficiais.

A votação presidencial, na qual Nicolás Maduro tentará a reeleição, já havia sofrido mudanças no calendário, com antecipação de dezembro para abril.

A nova alteração ocorreu após pressão doméstica e internacional. A maioria dos opositores haviam decidido se abster do pleito. O prazo para a inscrição de candidaturas termina hoje.

Ao vivo