08 de Março de 2018 - 13:47

TJMG nega habeas corpus para quatro presos na operação Poseidon

Tiveram o pedido negado servidores e ex-servidores do Dmae e um engenheiro.
Por Lorena Silva • Atualizado há 4 meses

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), negou ontem (08) o pedido de liberdade para quatro dos seis detidos em virtude da operação “Poseidon” envolvendo Dmae em Uberlândia.

Tiveram negado o pedido de habeas corpus o ex-diretor geral da autarquia no ano de 2012, Epaminondas Honorato Mendes; Manoel Calhau Neto, ex-servidor do Dmae, mas que estava em outra função até a data da detenção na Secretaria Municipal de Obras; o engenheiro João Paulo Voss; além do até então diretor-técnico da autarquia, Carlos Henrique Lamounier Borges.

Ao vivo