12 de julho de 2017 - 09:56

Sérgio Cabral teria US$ 120 milhões escondidos no exterior

Delação dos irmãos Chebar faz parte das investigações da Operação Eficiência
Por Fernando Souza • Atualizado há 2 meses

Os doleiros Renato e Marcelo Chebar prestaram depoimento ontem, dia 11, e contaram que esconderam US$ 120 milhões, que pertenciam ao ex-governador do estado do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral em contas no exterior.

A delação dos irmãos Chebar faz parte das investigações da Operação Eficiência e que investiga um esquema de propinas envolvendo o ex-governador e o empresário Eike Batista. Os recursos, segundo os irmãos Chebar teriam como destino pagamentos que seriam realizados para cobrir as despesas da família de Sérgio Cabral.

Uma empresa de turismo, com sede em Londres, teria recebido R$ 800 mil. Segundo Renato Chebar, entre 2014 e 2016, ele enviou R$ 2 milhões mensais ao exterior, a mando do ex-governador do Rio de Janeiro.

Ao vivo