08 de agosto de 2018 - 17:57

Senado aprova medidas provisórias que governo negociou com caminhoneiros

As regras já estão em vigor desde a publicação, mas precisavam ser aprovadas pelo Congresso.
Por Flávio Max • Atualizado há 1 semana

O Senado aprovou hoje (08), duas medidas provisórias (MP), negociadas pelo governo federal em maio com os caminhoneiros para encerrar a paralisação da categoria.

As MPs preveem isenção do pagamento de pedágio por eixos suspensos dos caminhões e reserva de 30% dos fretes da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), para caminhoneiros autônomos.

Por se tratarem de medidas provisórias, as regras já estão em vigor desde a publicação, mas precisavam ser aprovadas pelo Congresso. As MPs agora seguirão para a sanção do presidente Michel Temer.

Ao vivo