17 de Março de 2018 - 09:08

Rússia ordena a expulsão de 23 diplomatas britânicos

Ingleses foram considerados 'personas non gratas' e serão expulsos em uma semana.
Por Flávio Max • Atualizado há 2 meses

A Rússia ordenou hoje (17), a expulsão de 23 diplomatas britânicos que estão no país, em resposta à idêntica medida tomada pelo Reino Unido em represália pelo envenenamento do ex-espião russo Sergei Skripal e de sua filha Yulia. As medidas foram informadas nesta manhã ao embaixador britânico em Moscou, Laurie Bristow.

De acordo com o Ministério das Relações Exteriores russo os diplomatas britânicos foram declarados ‘personas non gratas’ e serão expulsos no prazo de uma semana da embaixada do Reino Unido em Moscou.

Outra medida em resposta às tomadas por Londres ordenou a suspensão da atividade em território russo do British Council (Conselho Britânico), o instituto público dedicado à divulgação da língua e cultura inglesa no exterior.

O ex-espião duplo de origem russa Serguei Skripal, 66 anos, e a filha Yulia, 33, foram encontrados inconscientes no dia 04 de março, num banco num centro comercial em Salisbury, no sul de Inglaterra, e estão hospitalizados em “estado crítico, mas estável”.

Ao vivo