05 de Março de 2018 - 18:14

Prefeitura processa ex-secretário de Trânsito e Transportes

Município foi multado por falhas na segurança dos terminais de ônibus.
Por Flávio Max • Atualizado há 5 meses

A Prefeitura de Uberlândia decidiu processar o ex-secretário de Trânsito e Transportes, Alexandre Andrade. Na Ação Civil Pública, o município alega que o ex-secretário não adotou medidas de segurança dentro dos terminais de ônibus de Uberlândia, confome havia sido recomendado pelo Ministério Público, após um acidente com uma idosa em 2015, que levou a morte da mulher.

Em novembro do ano passado, a Settran foi multada em segunda instância pelo Procon de Minas Gerais. Na época, o Procon entendeu que o executivo foi omisso quanto do dever de fiscalização dos terminais. Pelo descumprimento, o Município foi multado em mais de 161 mil reais.

O valor foi pago pela atual administração que alega ‘prejuízo aos cofres públicos’ e pretende reaver o dinheiro.

Alexandre Andrade tem 15 dias para apresentar a defesa. Não há data para o juiz dar a sentença. Em nota, a assessoria de comunicação do ex-secretário disse que confia na justiça e que a ação não tem fundamento.

 

 

Ao vivo