13 de Fevereiro de 2018 - 11:43

PF deve pedir mais tempo para investigação sobre Temer

Inquérito foi aberto ano passado com base na delação premiada do grupo J&F.
Por Lorena Silva • Atualizado há 8 meses

A Polícia Federal deve pedir mais prazo para concluir o inquérito que investiga o presidente Michel Temer e a empresa Rodrimar na renovação de concessões no Porto de Santos, por conta de um decreto editado em maio do ano passado.

O prazo termina no próximo dia 20, mas apesar de a apuração ter avançado, ainda é preciso esclarecer alguns pontos, há diligências em andamento, e várias outras pendentes.

O inquérito foi aberto em maio do ano passado com base na delação premiada de Joesley Batista e Ricardo Saud, do grupo J&F.

Na última sexta, o diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segovia, deu uma entrevista em que, segundo a agência Reuters, indicou uma tendência de arquivamento do inquérito contra Temer.

 

Ao vivo