06 de Março de 2018 - 14:01

Ministro do STF autoriza quebra de sigilo bancário de Temer

Medida é para inquérito que apura irregularidades no decreto dos Portos.
Por Lorena Silva • Atualizado há 3 meses

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso autorizou quebra de sigilo bancário do presidente da república, Michel Temer em decisão que foi tomada no dia 27 de fevereiro. A medida foi para atender um pedido do delegado Cleyber Malta, que é responsável pelo inquérito que apura irregularidades na edição do decreto dos Portos, que foi assinado no mês de maio do ano passado.

Nesse processo de quebra de sigilo serão investigadas contas no período de 2013 a 2017.

Ao vivo