20 de julho de 2017 - 09:31

Mais de R$ 606 mil são bloqueados das contas de Lula

Medida aconteceu por determinação do juiz Sergio Moro
Por Fernando Souza • Atualizado há 4 semanas

O Banco Central bloqueou ontem, dia 19, R$ 606,7 mil em dinheiro depositado em quatro contas bancárias do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A medida aconteceu por determinação do juiz Sergio Moro.

A ordem foi expedida na última sexta-feira, dia 14, mas estava sob sigilo até que o bloqueio fosse realizado. O confisco dos ativos foi um pedido de outubro de 2016 do Ministério Público Federal (MPF) e o decreto era de bloqueio de contas e ativos até o limite de R$ 10 milhões.

O dinheiro bloqueado estava deposita no Banco do Brasil, R$ 397,6 mil; Caixa, R$ 123,8 mil; Bradesco, R$ 63,7 mil; e Itaú, R$ 21,5 mil.

Os bloqueios também incluem três imóveis pertencentes ao ex-presidente, além de um terreno e dois carros. Os apartamentos se localizam em São Bernardo do Campo, SP. Moro também determinou que a Comissão de Valores Mobiliários, CVM, fosse oficiada para tornar indisponíveis quaisquer ações e bens titularizados pelo ex-presidente.

Ao vivo