13 de Fevereiro de 2018 - 11:19

Maia diz que Previdência depende de prefeitos e governadores

Presidente da Câmara admitiu que a aprovação da reforma é difícil.
Por Lorena Silva • Atualizado há 7 meses

O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, admitiu hoje (13) que a aprovação da reforma da Previdência é difícil, mas disse que ainda acredita ser possível reunir os votos necessários para aprovar a matéria desde que haja engajamento de prefeitos e governadores que precisam da mudança nas regras devido às suas crises fiscais.

Para Maia, só com a mudança nas regras previdenciárias cidades e Estados voltarão a ter fôlego para investir, gerar empregos e crescer nos próximos anos.

O presidente da Câmara não comentou sobre quantos votos o governo contabiliza para pautar a reforma na Câmara, mas destacou que ela só será levada a votação se houver a certeza de apoio suficiente.

Ao vivo