ao vivo
Rádio Educadora 90.9 FM

/ Notícia

Justiça manda conduzir reitor e vice da UFMG

Controladoria Geral da União apurou desvios de R$ 3,8 milhões.

Por Lorena Silva (Educadora FM)
06/12/2017 19h17
Reprodução / UFMG

A Justiça Federal em Belo Horizonte, mandou conduzir coercitivamente o reitor da Universidade Federal de Minas Gerais, Jaime Arturo Ramirez, e a vice-reitora, Sandra Regina Goulart Almeida, no âmbito da Operação Esperança Equilibrista, que apura desvios de recursos da Universidade para implantação do “Memorial da Anistia Política do Brasil”.

Segundo a decisão, ‘há indícios de que o Reitor e a Vice-Reitora tenham autorizado a exposição cientes das irregularidades.

A Controladoria Geral da União informou que foram apurados, até o momento, desvios de mais de R$ 3,8 milhões de recursos vinculados ao projeto do memorial além de outras irregularidades.

Em nota, a UFMG afirmou que a investigação tramita em sigilo e que não vai se manifestar sobre os fatos.