12 de Março de 2018 - 17:28

Inquérito dos portos é desperdício de dinheiro público, diz Marun

Ministro criticou setores do Judiciário e do Ministério Público.
Por Flávio Max • Atualizado há 5 meses

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun (MDB), voltou a criticar hoje (12), os setores do Judiciário e do Ministério Público, que, na sua avaliação, estariam perseguindo a classe política brasileira, em especial o presidente Michel Temer.

As declarações do ministro aconteceram durante evento na abertura do 1º Congresso Nacional de Municípios, que acontece na Assembleia Legislativa de São Paulo (SP).

Em seu discurso, o emedebista citou como exemplo a decisão de incluir o presidente em um inquérito que investiga fatos anteriores ao seu mandato.

Marun disse ainda que o decreto dos Portos não beneficia a Rodrimar, e que o inquérito é uma perda de dinheiro público.

Ao vivo