06 de dezembro de 2017 - 17:17

Graça e Mantega são denunciados por prejuízos á Petrobras

Outros cinco ex-integrantes do Conselho da estatal também foram denunciados.
Por Lorena Silva • Atualizado há 5 meses

A Procuradoria da República no Rio de Janeiro entrou com ação de improbidade administrativa contra a ex-presidente da Petrobrás, Graça Foster, o ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega e outros cinco ex-integrantes do Conselho de Administração da estatal petrolífera.

Os procuradores sustentam que, entre 2013 e 2014, os então conselheiros de administração da estatal evitaram o aumento dos preços dos combustíveis para controlar a inflação, causando prejuízos de dezenas de bilhões de reais à Petrobrás, motivados pela campanha Presidencial de 2014.

 

Ao vivo