20 de Fevereiro de 2018 - 13:54

Governo de Minas deve liquidar dívidas antes das eleições

Recurso de R$5 bilhões seria fruto da capitalização da dívida ativa do Estado.
Por Lorena Silva • Atualizado há 8 meses

A alternativa do governador Fernando Pimentel (PT), para colocar um ponto final no parcelamento de salários dos servidores estaduais, quitar as dívidas com as prefeituras e diminuir o desgaste junto à opinião pública antes no processo eleitoral deste ano é um recurso extra da ordem de R$ 5 bilhões.

O recurso seria fruto da capitalização da dívida ativa de Minas. A previsão é que o dinheiro entre no caixa do governo em maio. A intenção de Pimentel é que de essa proposta possa dar um “alívio” para a campanha de reeleição do petista. As informações são do jornal O Tempo de Belo Horizonte.

Ao vivo