12 de Fevereiro de 2018 - 11:51

Exames de DNA identificarão vítimas de acidente aéreo na Rússia

Avião bimotor caiu nos arredores de Moscou e matou 71 pessoas.
Por Flávio Max • Atualizado há 1 mês

O ministro de Transportes da Rússia, Maxim Sokolov, que lidera a comissão governamental encarregada de investigar o acidente com o avião bimotor AN-148, que caiu nos arredores de Moscou ontem (11), e matou as 71 pessoas que estavam a bordo, indicou que para identificar as vítimas serão necessários exames de DNA.

Logo após ser divulgada a notícia do acidente, foi organizado no aeroporto de Orsk um centro de atendimento psicológico para os familiares dos passageiros do voo 6W 703.

As equipes de resgate conseguiram recuperar uma das caixas-pretas do avião, e o comitê de instrução da Rússia indicou que serão investigadas todas as possíveis causas do acidente, as condições do tempo, o fator humano,o estado do avião, e outros desenvolvimentos dos eventos.

Ao vivo