01 de Março de 2018 - 13:29

Diretores do Dmae são presos por fraude em contratos

Investigação aponta possíveis desvios de recursos públicos no valor de R$ 8 mi.
Por Lorena Silva • Atualizado há 1 mês

Foram detidos de forma preventiva ontem (28) em virtude da 2ª fase da Operação “Poseidon” dois diretores e um ex-diretor do Departamento Municipal de Água e Esgoto de Uberlândia, o Dmae.

A ação investiga fraude em contratos envolvendo o Dmae e a empresa Araguaia Engenharia. A investigação aponta sobre possíveis desvios de recursos públicos que podem passar de R$ 8 milhões.

Os mandados de prisão preventiva foram cumpridos em desfavor do diretor-geral adjunto e ex-vereador de Uberlândia, David Thomaz; do diretor técnico da autarquia, Carlos Henrique Lamounier Borges; e também contra diretor geral do Dmae no ano de 2012, Epaminondas Honorato Mendes.

 

Ao vivo