19 de Fevereiro de 2018 - 18:07

Advogados são presos durante ‘Operação Fênix’ em Uberlândia

Investigação apura envolvimento de policiais e advogados em crimes de corrupção.
Por Flávio Max • Atualizado há 2 meses

Dois advogados foram presos hoje (19), durante a segunda fase da Operação Fênix, que apura o envolvimento de policiais e advogados em crimes de corrupção.

José Carlos de Oliveira Campos foi preso no escritório dele, nesta manhã. O outro advogado, Sérgio Martins Pereira Junior, estava em casa. Eles foram denunciados pelo Ministério Público Estadual por suspeita de corrupção ativa e passiva.

A megaoperação Fênix, foi deflagrada no fim do ano passado e resultou na prisão de 39 policiais civis, entre eles dez delegados. Na época, foram cumpridos 200 mandados de prisão, busca e apreensão.

Em nota, a OAB de Uberlândia afirma que respeita as autoridades que trabalham na operação, mas reforça que não se deve fazer juízo de valor contra os advogados até que as investigações sejam concluídas.

 

Ao vivo